Autodeterminação das massas em uma sociedade “abigarrada”: René Zavaleta Mercado e as bases para um marxismo renovado na Bolívia

Rodrigo Santaella Gonçalves

Resumo


O texto discute a fecundidade e as consequências teóricas e políticas de dois conceitos importantes trabalhados pelo pensador boliviano René Zavaleta: o de “autodeterminação das massas” e o de “sociedade abigarrada”. Entretanto, com o intuito de não recortar aleatoriamente fragmentos do processo de produção de conhecimento na obra de Zavaleta, serão apresentados também outros conceitos de sua obra, relacionados com os dois primeiros, que auxiliam na compreensão da evolução do pensamento do autor, além de contribuírem muito para a interpretação das sociedades latino-americanas.


Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


REBELA - Revista Brasileira de Estudos Latino-Americanos
ISSN 2237-339X
Instituto de Estudos Latino-Americanos - IELA
Universidade Federal de Santa Catarina
Centro Socioeconômico - Primeiro andar - Bloco D 
Florianópolis SC
Telefone: + 55 48 37216483

e-mail:iela@contato.ufsc.br