Marcha contra a mineração em Mendoza: ‘El agua no se negocia’

Rafael Kruter Flores

Resumo


Nos início de março de 2012, a cidade de Mendoza na Argentina celebrou a festa do vinho, Vendimia, tradição na Província há décadas. Na mesma data festiva, a Unión de Asambleas Ciudadanas (UAC) organizou lá seu 18º Encontro. O ápice do Encontro foi a marcha pelas ruas da cidade de Mendoza. Os membros da Asamblea Popular por el Água de Mendoza se ocuparam de organizar a marcha, que foi uma festa. O dia estava lindo, as ruas tomadas de gente (foram contabilizadas aproximadamente 8 mil pessoas), crianças, famílias, idosos, cães de estimação, todos engrossando o coro “El agua de Mendoza no se negocia”.




REBELA - Revista Brasileira de Estudos Latino-Americanos
ISSN 2237-339X
Instituto de Estudos Latino-Americanos - IELA
Universidade Federal de Santa Catarina
Centro Socioeconômico - Primeiro andar - Bloco D 
Florianópolis SC
Telefone: + 55 48 37216483

e-mail:iela@contato.ufsc.br