Breve história da revolução Sandinista na Nicarágua

Nelson Kautzner Marques Junior

Resumo


O navegador espanhol Cristóvão Colombo descobriu em 1502 um lugar na América Central que posteriormente veio se chamar Nicarágua. Em 1821 a Nicarágua conquistou a sua independência, agora não era colônia da Espanha. O objetivo do artigo de revisão foi de explicar como a burguesia governou a Nicarágua no século IX a XX, como aconteceu a Revolução Sandinista e os benefícios da revolução para o povo. O trabalho foi dividido em três volumes que explicou os governos da Nicarágua no século IX e XX e as intervenções militares dos Estados Unidos da América nesse país (é o capítulo 1), como a Frente Sandinista de Libertação Nacional (FSLN) tomou o poder (capítulo 2), os benefícios da Revolução Sandinista, a contrarrevolução e as eleições (capítulo 3). Em conclusão, a revolução sandinista na Nicarágua iniciou em 1926 e a tomada do poder ocorreu em 1979. 


Texto completo:

PDF


REBELA - Revista Brasileira de Estudos Latino-Americanos
ISSN 2237-339X
Instituto de Estudos Latino-Americanos - IELA
Universidade Federal de Santa Catarina
Centro Socioeconômico - Primeiro andar - Bloco D 
Florianópolis SC
Telefone: + 55 48 37216483

e-mail:iela@contato.ufsc.br