O (sub)imperialismo: Lênin, Marini e o debate contemporâneo

Natan dos Santos Rodrigues Júnior, Epitácio Macário Moura

Resumo


O artigo estuda as relações entre o subimperialismo brasileiro - conceito formulado por Ruy Mauro Marini no âmbito da Teoria Marxista da Dependência (TMD) - e a Teoria Marxista do Imperialismo (TMI), tendo por base a formulação de Lênin. O conceito mariniano expressa a realidade de uma economia dependente que alcançou o estágio do capital monopolista e financeiro e que, por isto, exerce funções imperialistas sobre economias menos industrializadas. Este é, atualmente, o caso do Brasil, cujo processo de integração às dinâmicas econômicas mundiais repõe, simultaneamente, as históricas relações de dependência das economias centrais e de dominação sobre outros países do sul global. A atualidade do conceito mariniano é discutida com base em autores nacionais como Virgínia Fontes e Mathias Seibel Luce.

 

Palavras-chave: Imperialismo; dependência; subimperialismo brasileiro.


Texto completo:

PDF


REBELA - Revista Brasileira de Estudos Latino-Americanos
ISSN 2237-339X
Instituto de Estudos Latino-Americanos - IELA
Universidade Federal de Santa Catarina
Centro Socioeconômico - Primeiro andar - Bloco D 
Florianópolis SC
Telefone: + 55 48 37216483

e-mail:iela@contato.ufsc.br