A evolução e os desdobramentos da cooperação colombo-estadunidense para a governança securitária regional sul-americana

Gabriel Graziottin

Resumo


Esse trabalho analisa os condicionantes estratégicos da cooperação colombo-estadunidense no período recente, destacando-se a evolução e as principais transformações securitárias, predominantemente para a Colômbia, através dessa cooperação. Posteriormente, se verifica os desdobramentos dessa relação para a noção de Governança Securitária Regional sul-americana desenvolvido a partir dos trabalhos de Flames & Radseck (2009), somado aos novos cenários e instrumentos de projeção de poder do país andino. Através da literatura de política internacional e o emprego de dados do Stockholm International Peace Research Institute (SIPRI)) e World Bank (WB), se averigua um processo recente de reinserção da Colômbia na dinâmica securitária do subcontinente por meio de um crescente fortalecimento de seu aparato securitário e sobre fomento da parceria norte-americana.


Palavras chave: Relações Colombo-Estadunidenses; Modernização securitária; Governança Securitária Regional; América do Sul

Texto completo:

PDF


REBELA - Revista Brasileira de Estudos Latino-Americanos
ISSN 2237-339X
Instituto de Estudos Latino-Americanos - IELA
Universidade Federal de Santa Catarina
Centro Socioeconômico - Primeiro andar - Bloco D 
Florianópolis SC
Telefone: + 55 48 37216483

e-mail:iela@contato.ufsc.br