Cidade para quem? Projeto ‘Residência Itatiaia’ e a estética descolada do real

Cristiana Lara Cunha, Simone Evangelista Fonseca, Anderson Rocha de Jesus Fernandes

Resumo


Em 2014, a tipicidade estética da cidade mineira de Itatiaia foi quebrada pela presença do projeto ‘Residência Itatiaia’. A intervenção urbanográfica, proposta por artistas mineiros, pretendia modificar a cidade e levar um diferencial através da presença do grafite. No entanto, o estado atual das obras e dos entornos evidenciam a falta de cuidado para com as intervenções artísticas. O descolamento da estética proposta pelos grafiteiros com a realidade local da cidade e dos moradores fica explícita através das imagens fotográficas. Assim, propõe-se uma crítica à forma como o projeto foi implantado, uma vez que este imprimiu a lógica artística dos grafiteiros, e não a estética dos moradores do local.

 

Palavras chave: Urbanografia, Cidades, Descolamento Estético.


 


Texto completo:

PDF


REBELA - Revista Brasileira de Estudos Latino-Americanos
ISSN 2237-339X
Instituto de Estudos Latino-Americanos - IELA
Universidade Federal de Santa Catarina
Centro Socioeconômico - Primeiro andar - Bloco D 
Florianópolis SC
Telefone: + 55 48 37216483

e-mail:iela@contato.ufsc.br