O colapso energético e ecológico do capitalismo

Gilberto Felisberto Vasconcellos

Resumo


Este artigo aborda a ausência de reflexão sobre energia e ecologia nas Ciências Sociais. Trata-se de uma lacuna séria porque o capitalismo monopolista está depredando a natureza e ameaçando a sobrevivência do planeta. Estamos vivendo a contradição entre sociedade e humanidade, que é provocada pelos combustíveis fósseis, petróleo e carvão mineral, responsáveis pelo aquecimento global. Nesse contexto é que o trópico aparece como uma alternativa para limpar e salvar o planeta Terra, o que implica ir além do capital, cuja razão de ser é a busca do lucro.


Palavras-chave: Energia, Geopolitica, Biomassa, Petróleo.


Texto completo:

PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


REBELA - Revista Brasileira de Estudos Latino-Americanos
ISSN 2237-339X
Instituto de Estudos Latino-Americanos - IELA
Universidade Federal de Santa Catarina
Centro Socioeconômico - Primeiro andar - Bloco D 
Florianópolis SC
Telefone: + 55 48 37216483

e-mail:iela@contato.ufsc.br