O Canal Interoceânico da Nicarágua: um empreendimento da China junto com Rússia na América Latina

Gabriel Galdino Gomes

Resumo


O artigo tem como objetivo analisar a criação do Canal da Nicarágua pela China em parceria com a Rússia, tendo em vista o cenário de concorrência comercial que acarretará ao Canal do Panamá, comandado até então pelos Estados Unidos. Concomitantemente, essa pesquisa tem como escopo realizar uma projeção internacional tanto de âmbito econômico como político, caso a construção do Canal da Nicarágua se conclua com sucesso em meios aos protestos, trazendo assim as possíveis contribuições econômicas que a América Latina descortinará com essa nova estrutura, e as consequências das relações internacionais com a intensificação da presença chino russa na região latino-americana.




REBELA - Revista Brasileira de Estudos Latino-Americanos
ISSN 2237-339X
Instituto de Estudos Latino-Americanos - IELA
Universidade Federal de Santa Catarina
Centro Socioeconômico - Primeiro andar - Bloco D 
Florianópolis SC
Telefone: + 55 48 37216483

e-mail:iela@contato.ufsc.br